Uso de Antioxidantes no Envelhecimento Canino

Estudos Científicos
29/abr/2022

Opções de Suplementos para Redução do Estresse Oxidativo e Melhora da Disfunção Cognitiva

Envelhecimento

Benefícios do Uso de Antioxidantes

 

O envelhecimento é um "processo de diminuição orgânica e funcional, não-decorrente de doença e que acontece, inevitavelmente, com o passar do tempo".


O estresse oxidativo é definido como a situação na qual a formação de espécies reativas excede significativamente a capacidade de defesa antioxidante e de reparo do organismo (BARBOSA; MEDEIROS; AUGUSTO, 2006).


No nível celular, acredita-se que grande parte do processo de envelhecimento seja consequência do dano oxidativo às mitocôndrias, que se deterioram com a idade. O envelhecimento também está associado a mudanças comportamentais, incluindo declínio cognitivo e distúrbios relacionados à idade associados à patologia cerebral (MILGRAM; ARAUJO; HAGEN; TREADWELL et al., 2007)

A responsabilidade do veterinário com relação a esses pacientes é retardar ou, no mínimo, reduzir a deterioração progressiva dos sistemas corporais e promover uma melhora na qualidade de vida.


Uso de Antioxidantes

Com base em pesquisas anteriores e os resultados de laboratório e estudos clínicos, os antioxidantes podem ser uma classe de nutracêuticos que beneficia cães idosos.

®     Os cérebros dos animais com danos oxidativos podem acumular proteínas e lípidos, que podem conduzir à disfunção das células neuronais.

®     A produção de radicais livres e falta de aumento das enzimas antioxidantes compensatórios poderia levar a modificações prejudiciais a macromoléculas importantes dentro dos neurônios.

®  Reduzindo o dano oxidativo por meio de ingredientes alimentares (ricos em um amplo espectro de antioxidantes) melhora significativamente, ou retarda o declínio de, aprendizagem e memória em cães idosos (HEAD; ZICKER, 2004).


Estudos Comprovam

Uso de Antioxidantes Auxilia na Disfunção Cognitiva em Cães

Dois estudos analisaram o efeito da suplementação nutricional em cães de estimação que exibem sintomas de disfunção cognitiva (CHAPAGAIN; RANGE; HUBER; VIRÁNYI, 2018).


Resultados:

ü  Eles monitoraram o comportamento dos cães por 56 dias por meio de questionários e relataram que houve uma melhora significativa no comportamento dos cães, conforme observado pelos proprietários durante o período de teste;

ü  No entanto, os autores sugeriram que um tamanho de amostra maior e uma maior duração da alimentação poderiam tornar os resultados mais robustos.

 

Outras Evidências

®     Além disso, alguns outros estudos implicaram a nutrição como fator modificador da cognição em cães, destacando a combinação de suplementos nutracêuticos direcionados a diversos mecanismos de envelhecimento patológico, em combinação com o enriquecimento comportamental, como mais eficazes;

 

®     Os cães que receberam uma dieta rica em antioxidantes e enriquecimento ambiental mostraram níveis aumentados de mRNA do fator neurotrófico derivado do cérebro (BDNF) quando comparados com cães idosos não tratados. Como resultado do aumento do mRNA do BDNF, o desempenho cognitivo melhorou e a quantidade de depósitos corticais de Aß diminuiu. 


Referências

BARBOSA, L. F.; MEDEIROS, M. H. G. D.; AUGUSTO, O. Danos oxidativos e neurodegeneração: o quê aprendemos com animais transgênicos e nocautes? Química Nova, 29, p. 1352-1360, 2006.

 

CHAPAGAIN, D.; RANGE, F.; HUBER, L.; VIRÁNYI, Z. Cognitive Aging in Dogs. Gerontology, 64, n. 2, p. 165-171, 2018.

 

HEAD, E.; ZICKER, S. C. Nutraceuticals, aging, and cognitive dysfunction. Veterinary Clinics: Small Animal Practice, 34, n. 1, p. 217-228, 2004.

 

MILGRAM, N. W.; ARAUJO, J. A.; HAGEN, T. M.; TREADWELL, B. V. et al. Acetyl-L-carnitine and alpha-lipoic acid supplementation of aged beagle dogs improves learning in two landmark discrimination tests. Faseb j, 21, n. 13, p. 3756-3762, Nov 2007.

17º Congresso Consulfarma

Estão abertas as inscrições para o maior evento magistral do mundo!

Programação disponível!

Autor(a)

Equipe Técnica Consulfarma
Equipe Técnica Consulfarma
Conhecimento

Nossa equipe quer muito dividir conhecimento com você, por isso postaremos por aqui assuntos relevantes para compartilhar tudo aquilo que é relevante para o mercado magistral. Aproveite!

Formulações para Pacientes com Doença de Alzheimer

A doença de Alzheimer (DA é caracterizada pelo acúmulo de placas amiloides e pelo dano cognitivo nos indivíduos acometidos. Dados recentes sugerem que o processo inflamatório apresenta importante papel no desenvolvimento e na progressão da DA. É uma doença cerebral progressiva e fatal, associada à redução da capacidade cognitiva e à perda de memória.

BAIXE agora o E-book gratuito!

Preencha o formulário abaixo para fazer download do material

Ao baixar este material você concorda com nossas Políticas de privacidade
A Consulfarma solicita sua coleta de dados para identificação do usuário com a finalidade de entrarmos em contato para fornecermos mais detalhes relacionados ao tema do material gratuito, com base-legal por legítimo interesse conforme a nova lei LGPD. Estes dados não serão utilizados para envio de SPAM.

Compartilhe este Post
Consulfarma Ads
Copyright © 2022 - Todos os Direitos Reservados. Confira nossa política de privacidade